De diário virtual a diário de reforma (Como tudo começou)

Durante muito tempo esse espaço ficou em secreto, aqui eu desabafava, estravasava... uma espécie de diário virtual (em tempos modernos caderninhos e lápis perderam a vez), guadadinho a sete chaves, como todo bom diário!

Mas com a mudança de estado, compra do apartamento e sua reforma, os amigos e família (que ficaram todos na terrinha), queriam saber, ver e acompanhar essa boa etapa das nossas vidas e resolvi usar esse espaço para isso, mostrar o dia a dia da pequena reforma que estamos fazendo.

Aqui continuo desabafando, estravasando... mas agora feliz e realizada por poder dividir com vocês a construção do meu jardim!

Ah! Caso deixe um comentário, saiba que amo respondê-los e geralmente o faço no espaço de comentário do próprio post, ok? Caso queira uma resposta mais específica por favor, deixe seu e-mail!
Entrem e fiquem à vontade!

quinta-feira, 31 de março de 2011

Bonitinhos, mas ordinários!

Dias sem postar...sinônimo de reforma parada? Nãooo, sinônimo de espera de fornecedor e prestador de serviço! Pois é, em fevereiro encomendamos as pastilhas da cozinha e a marcenaria da sala. A primeira nos deu 30 dias corridos de prazo e até agora nada! O marceneiro me prometeu pelo menos os bancos e pé da mesa para amanhã (humm... será?! Amanhã é 1º de Abril, espero que ele tenha esquecido disso kkk).

Bom, mas enquanto esperamos, vou postar sobre alguns eletros que compramos para o apê e que nos decepcionaram muito!!

Assim como a maioria das pessoas da minha geração, cresci numa casa onde eletro de qualidade = Brastemp. Existe até uma frase famosa a esse respeito: " Não é lá uma Brastemp". Mas de uns anos pra cá a qualidade dos concorrentes tem crescido e a hegemonia "brastempiana" deixou de existir.
Uma das marcas que cresceu e evoluiu bastante foi a Electrolux e o mais bacana é que junto com a qualidade, o design dos produtos dessa marca é muito boa.

Aqui em casa a mudança de marcas começou uns 7 anos atrás quando trocamos nossa máquina de lavar por uma Electrolux. Até hoje estamos com ela ( começou a dar problema agora, estou desde ontem sem máquina), depois veio o ar condiconado, que já tem 5 anos. Bom, satisfeitos com nossas aquisições, quando compramos o apê novo resolvemos trocar mais alguns itens e qual a marca escolhida? Electrolux, claro!
Confesso que nessa escolha o meu sangue de design falou mais alto e os olhos brilhavam ao ver aqueles aparelhinhos tão bonitinhos.

E assim foi. Compramos fogão, depurador, micro-ondas (sim agora con hífen!) e liquidificador, tudoooo Electrolux. A cozinha ficou uma graça, mas o que veio depois não tem graça nenhuma!!
Com exceção do depurador, nenhum dos outros ítens funcionam direito. É isso mesmo, compramos eletro nada baratos e nenhum atendeu nossas expectativas.

O fogão: Compramos o modelo de 4 bocas Chef Inox. A primeira decepção foi a de que não vem com luz no forno. Segundo suas especificações era para vir, porém... não vem! Até tem o bocal lá dentro mas nunca vi um fogão vir sem a lâmpada!! Ok, isso é o de menos, afinal é só comprar uma.
Mas... o pior não foi isso, o fógão é para gás GLP (aquele de botijão) e no nosso prédio o sistema de gás é encanado. Fomos informados pelo fabricante que a conversão é feita gratuitamente por uma autorizada. Foi o que fizemos, porém a chama ficou enorme e sem oscilação de baixa e alta, quando questionamos isso fomos informados que para solucionar o problema deveríamos comprar o kit de conversão por R$50,00 (não era de graça?!) . Nos recusamos, tentamos entrar em contato com o fabricante e nada! Isso já dura alguns meses e o resultado é um fogão de mais de R$1.000 que funciona pior que um fogareiro de camping. Lamentável!





Micro-ondas: Compramos o modelo 31L Inox MEC41 com Blue Touch. Lindo, lindo, lindo e caro! Mas... a potência dele é baixíssima! Um copo de leite que era esquentado no meu antigo aparelho com 40 segundos, nele com 1 minuto não fica nem morno! Outra falha gravíssima é o tal Grill que o fabricante diz ter. Onde? Não sei, porque já tentamos algumas vezes e nada acontece!! Uma pena.



Liquidificador: A opção foi o Powermix Silent Preto, que de power não tem nada!!! Essa foi a pior das compras! Me respondam para que serve um liquidificador  que não liquidifica nada?! Por conta da tal "anti-higiênica" peneirinha, o fundo do copo é muito largo e a hélice não alcança os alimentos, sem contar que as hélices são muito afastadas uma da outra o que faz com que os alimentos passem pelo meio delas, não sendo triturados. Ou seja, pra que eu consiga fazer uma simples vitamina de banana tenho que malhar o braço!!
Explico: coloco os ingredientes, ligo o bichinho, seguro na tampa e abaixo do motor e fico sacudindo o aparelho pra ver se a pobre banana passa pelo menos perto da hélice. Péssimo e frustrante!
Além disso, no quesito higiene deixa a desejar. Na tampa tem uma borrachinha que acumula muita sujeira, no copo existe uma junção que também fica cheia de sujeira (e que não há como limpar) e a hélice é super difícil de tirar, resultado... mais sujeira!  Ah! Sem contar que o tal silent não é tão silent assim não! Ninguém merece.



Resultado de tudo isso: Tenho uma cozinha equipada, com equipamentos bonitos, mas... convenhamos, NÃO É LÁ UMA BRASTEMP!!!! rss

3 comentários:

  1. Oie! Adorei a sua visitinha!
    Eu morei 3 anos nos EUA e trouxe esse papel diecut de lah.
    Eu sou de SC e na loja que eu compro o meu material aqui... tem desses papeis. Nunca procurei na net!
    Bjossssss

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que tenho mania de Brastemp. Bjsss
    Zilene

    ResponderExcluir
  3. Zi, depois dessas passo pro seu time!

    ResponderExcluir

Deixe aqui os seus pensamentos!